Vacina contra Covid-19 começa a ser testada no Brasil

Foto: Agência Brasil
A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Fundação Lemann confirmaram na última segunda-feira (22), que a vacina ChAdOx1 nCoV-19, liderada globalmente pela Universidade Oxford, no Reino Unido, começou a realizar testes clínicos em humanos. A vacina é uma das 141 canditadas cadastradas na Organização Mundial de Saúde (OMS), e está entre as 13 que já estão na fase mais avançada no mundo.

No Brasil, a pesquisa é conduzida pela Unifesp. O Grupo Fleury fornecerá para os dois mil voluntários brasileiros exames do tipo sorólogico para o diagnóstico da Covid-19, durante a pré-seleção para testarem a vacina. No total serão cerca de 50 mil voluntários no mundo, sendo 30 mil nos Estados Unidos e em países da África e Ásia.

De acordo com o Grupo Fleury, a maioria dos brasileiros selecionados serão profissionais da área de saúde, homens e mulheres entre 18 e 55 anos. Os voluntários serão dividos em dois grupos: Um grupo tomará a vacina e o outro será testado com a vacina-cotrole MenACWY, conhecida como vacina meningocócica conjugada que, nessa pesquisa funcionará como placebo. Após um intervalo de exposição ao vírus, os dois grupos serão comparados.
“Se o primeiro time, o das pessoas testadas com a vacina, tiver um percentual superior de imunidade em comparação àqueles que tomaram a vacina-controle, a conclusão é a eficácia da vacina”, explica o Celso Granato, infectologista e diretor clínico do Grupo Fleury, para o portal UOL.
Varela Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">