Jovem é picado por naja de estimação ilegal e fica em coma induzido


Um jovem de 22 anos, estudante de veterinária, está em coma induzido após ter sido picado por uma cobra Naja que mantinha como bicho de estimação em casa, no Gama, região do Distrito Federal, nessa terça-feira (7). 
Não há registro de entrada de animais dessa espécie em Brasília, segundo nota da Fundação Jardim Zoológico da cidade, que coleta informações sobre animais exóticos.
De acordo com o Batalhão de Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal (BPMA), há suspeita de que o animal seria criado de forma ilegal na casa do rapaz. 
A informação foi divulgada ao portal UOL, que também publicou que familiares relataram que o jovem está em estado grave em uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Maria Auxiliadora. A família espera que, com um tratamento feito com um soro vindo do Instituto Butantan, em São Paulo, ele possa melhorar. 
A família não quis entregar a cobra aos militares, segundo o BPMA. “A família precisa colaborar. Se eles estão com medo, quando o jovem acordar, ele precisará dar satisfações sobre a cobra. É ilegal mantê-la na casa dele. Porém, estamos investigando e vamos encontrá-la”, declarou o major Elias Costa ao UOL.
Contudo, a serpente foi encontrada pela corporação às 19h desta quarta, dentro de uma caixa colocada próximo a um morro ao lado de um shopping da cidade. 
O Tempo

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

1 comentários:

  1. O título está errado
    A cobra é animal contrabandeado
    Família criminosa

    ResponderExcluir

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">