Saúde: Maioria dos infectados pela Covid-19 no Brasil são homens

Foto: Zanone Fraissat/Folhapress


Em 15 de julho é comemorado o Dia do Homem. A data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) tem como objetivo abordar e conscientizar a saúde pública do homem. No Brasil, a data foi proposta pela Ordem Nacional do Escritores em 1992, e desde então ela é comemorada. Além desta data, 19 de novembro também é um dia escolhido para falar sobre a saúde masculina.

Por que é importante abordar este assunto? Em uma pesquina realizada pelo Centro de Referência em Saúde do Homem, foi mostrado que 70% das pessoas do sexo masculino vão para consultas médicas acompanhados de mulheres ou dos filhos. Além disso, cerca de 50% dos homens só procuram tratamento médico quando algum dos sintomas intefere em sua rotina, ou quando a doença está em estado avançado.

Covid-19

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, os homens apresentam mais vulnerabilidade à Covid-19 em relação as mulheres. Nos dados sobre síndrome respiratória aguda grave (SRAG) por coronavírus, o sexo masculino representa 96.766 (57,1%) dos casos confirmados. Destes, a faixa etária mais acometida se manteve entre 60 a 69 anos de idade com 33.906 (20%).

Nos registros de óbitos por SRAG pela doença, 35.864 (58,3%) são do sexo masculino, sendo entre 70 a 79 anos a faixa etária mais afetada com 15.239 (24,8%) dos casos.

Redação: Varela Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">