Bahia assina acordo de confidencialidade com a Rússia e vacina pode ser testada no estado em um mês

Foto: Varela Notícias


O governo da Bahia deu mais um passo na parceria com a Rússia para obter a vacina Gam-COVID-Vac [Sputnik V]. Há duas semanas o estado negocia com o país asiático e chegou a nesta terça-feira (08) foi finalizado o acordo de confidencialidade.

No documento a Bahia se compromete a receber informações sigilosas da Rússia, tratar de forma confidencial, e a partir dos documentos, decidir se o projeto terá segmento. Na manhã desta quarta-feira (09) o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, confirmou a informação e explicou o passo a passo.

“Confirmando isso, iremos submeter o protocolo ao Comitê de Ética e Pesquisa do Instituto Couto Maia, na sequencia a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep-Brasília), e também a Anvisa. Se aprovarem o protocolo, dentro de um mês a gente pretende iniciar esse estudo da vacina russa aqui na Bahia”, disse o secretário.

“Com os russos conduzindo o estudo, dando tudo certo, a proposta do nosso memorando de entendimento é que a Bahia seria a responsável pela Comasil, ao invés da Bahia Farm”, finalizou Vilas Boas.

 

Redação: Varela Notícias


Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">