Galo mata policial que trabalhava em operação contra rinhas


Ave estava "armada" com lâmina nas garras e cortou artéria femoral de agente, que sangrou até a morte.


Um policial morreu “esfaqueado” em San Jose, nas Filipinas, na última segunda-feira (26) durante uma operação contra rinhas, na qual ele estava como agente infiltrado. O tentente Christian Bolok foi atacado por uma das aves, que estava ‘armada’ com lâminas nas garras, acertando sua artéria femoral, que o fez sangrar até a morte.

Ave estava ‘armada’ com lâmina nas garras e cortou artéria femoral de agente, que sangrou até a morte

Um policial morreu “esfaqueado” em San Jose, nas Filipinas, na última segunda-feira (26) durante uma operação contra rinhas, na qual ele estava como agente infiltrado. O tentente Christian Bolok foi atacado por uma das aves, que estava ‘armada’ com lâminas nas garras, acertando sua artéria femoral, que o fez sangrar até a morte.

O policial chegou a ser levado ao hospital local, onde foi declarada a morte. “É com o coração pesado que anuncio que perdemos um dos nossos irmãos, que sacrificou a própria vida em nome do serviço. A Polícia Nacional das Filipinas chora a morte trágica do tenente Bolok e expressa as suas sentidas condolências à família e amigos. Foi um infortúnio, um acidente de má sorte, que eu não consigo explicar”, disse à AFP o coronel Arnel Apud, chefe da polícia local.

Segundo as autoridades, a operação terminou com três pessoas detidas e dois galos apreendidos.

O Tempo

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">