Homem é indiciado pela PF por planejar atacar e matar Bolsonaro com escova de dente

Investigação da PF começou depois que fotos e vídeos do homem ameaçando Bolsonaro começaram a circular nas redes sociais

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Um homem que planejava atacar e matar o presidente Jair Bolsonaro em 29 de novembro de 2019 foi indiciado pela Polícia Federal pelo crime contra a liberdade pessoal do presidente.

A investigação da PF começou depois que fotos e vídeos do homem ameaçando Bolsonaro começaram a circular nas redes sociais.

O suposto ataque aconteceria em Três Corações, Minas Gerais, onde Bolsonaro esteve para participar de uma formatura em uma Unidade Militar. O investigado era funcionário terceirizado do local.

Em um dos vídeos, o investigado afia o cabo de uma escova de dente para transformá-la em estoque, instrumento pérfuro-contundente não identificável por detectores de metal.

Ele foi detido e conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Varginha. Se for condenado, ele pode cumprir até 12 anos de reclusão, segundo artigo 28 da Lei da Segurança Nacional.

Varela Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">