Justiça do Rio de Janeiro decide afastar Flordelis do cargo de deputada federal

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
 

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu, em julgamento por videoconferência ocorrido na tarde desta terça-feira (23), afastar a pastora Flordelis dos Santos (PSD) do cargo de deputada federal. A decisão da 2ª Câmara Criminal é para que a parlamentar fique afastada durante a primeira fase do processo no qual ela é ré por ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. A informação é do jornal O GLOBO.

Segundo a publicação, o desembargador Celso Ferreira Filho, que é o relator do processo na Câmara Criminal, votou a favor do afastamento da parlamentar. Os dois outros desembargadores, Antônio José e Katia Jangutta, concordaram com o voto do relator.

Para Celso Filho, há situações concretas que demonstram atos de Flordelis para atrapalhar a “busca pela verdade” no processo. “[Neste processo] Há situações que me causaram perplexidade. São 50 anos que convivo nessa casa de conflitos e há muito tempo não vejo uma situação tão complexa, estranha e que causa tanta surpresa. Lidamos com homicídio, improbidade administrativa, vários desvios, mas nesse processo há uma gama de circunstâncias estranhas, sobre as quais não vou tecer comentários — afirmou Celso Ferreira Filho ao iniciar seu voto.

Ainda segundo O GLOBO, a decisão dos três desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que decidam se o afastamento será mantido, conforme determina a Constituição Federal.

 

Redação: Bahia.ba


Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">