Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Ponto Novo zera casos ativos da Covid-19

Foto: Web Interativa
 

O Município de Ponto Novo (a cerca de 200km de Feira de Santana) conseguiu zerar todos os casos ativos de Covid-19. A informação foi dada pelo prefeito da cidade, Thiago Gilleno, do PSD.

Até o momento, ocorreram 07 óbitos, todos em 2020, e 495 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Segundo ele, desde que assumiu o mandato, em janeiro deste ano, foram intensificadas as ações de combate ao COVID.

 “Reforçamos as ações da vigilância em saúde, com vacinação, fiscalização do comércio local em relação às medidas de prevenção (quantitativo de pessoas nos estabelecimentos, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel), além da realização de exames com isolamento precoce e orientação aos pacientes positivos e seus contactantes, tudo isso aliado a parceria da população nos levou a esse índice de zero casos ativos”, explica o gestor.


Prefeito de Ponto Novo Dr. Thiago Gilleno

Outras ações realizadas pela prefeitura foram os diálogos com a comunidade, como, por exemplo, os comerciantes e a Câmara de Vereadores, sobre as decisões tomadas a respeito da COVID. Foram feitas reuniões, ouvidas opiniões. Até o momento, Ponto Novo soma 1.699 pessoas imunizadas com a vacina contra a Covid-19, desde o início da imunização, com um percentual de 100% de vacinados nas faixas etárias já liberadas.

Sobre as medidas adotas no comércio da cidade, o prefeito fala que tem sido uma dificuldade. “Manter o comércio aquecido tem sido uma preocupação, pois sabemos da importância para a economia da nossa cidade, e por conta disso temos seguido de forma parcial os decretos do Governo do Estado, levando em consideração nossa situação epidemiológica”, diz ele afirmando que Ponto Novo chegou a ter lockdown.

Para o futuro, Gilleno conta que não pretende afrouxar as medidas. “O trabalho não para, não vamos de forma alguma nos acomodar, estamos fazendo de tudo para proteger nossa população, um exemplo disso foi a instalação de barreiras sanitárias, nas entradas da cidade, com o intuito de diminuir as chances do vírus chegar a nossa cidade trazido por pessoas de outros lugares”, concluiu.

 

Redação: Folha do Estado


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia