Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Estudantes da rede estadual de Ponto Novo, Sr. do Bonfim, Filadélfia e região recebem a sexta parcela do vale-alimentação estudantil

Estudante Ana Karollyne - Foto: Divulgação

Os estudantes da rede estadual de ensino regularmente matriculados receberam, nesta sexta-feira (14), a sexta parcela do vale-alimentação estudantil, no valor de R$ 55 por estudante. A ação do Governo da Bahia, para a qual foram destinados R$ 48 milhões nesta etapa, totaliza, até o momento, um investimento de R$ 270 milhões com recursos próprios do Estado, direcionados para o Programa Vale-alimentação Estudantil (PVAE). A iniciativa tem o objetivo de garantir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes. 

A estudante Ana Karollyne Dias, 16, 3º ano, do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, localizado em Senhor do Bonfim, falou de que forma o benefício vem ajudando em sua casa. “Acredito que o vale alimentação seja essencial não só para a minha família, mas também para todos aqueles que precisam desse auxílio durante a pandemia. Os meus pais perderam o emprego na mesma época e as coisas em casa ficaram mais complicadas. E, então, esse valor serve de muita ajuda para garantir a nossa alimentação e complementar a renda neste tempo difícil para todos nós. Assim como nos meses anteriores, pretendo comprar arroz, feijão, macarrão, sal e outros alimentos”, disse.

Estudante Cinthya Duarte - Foto: Divulgação 

Quem também está ansiosa para utilizar o valor disponível no cartão em um mercado próximo de sua casa é a estudante Cinthya Duarte, 17, 2º ano, do Colégio Estadual do Campo de Andorinha, localizado em Andorinha. “Estou muito contente com a liberação de mais uma parcela do vale-alimentação estudantil, pois esse valor de R$ 55 ajuda muito na nossa alimentação. Vou aproveitar para comprar alguns alimentos que eu gosto, como leite, achocolatado, biscoitos, iogurte e outros para a minha família”, comentou. 

O benefício é usado exclusivamente para a compra de alimentos, como feijão, arroz, marcarão, ovos, carne e leite, sendo de livre escolha do estudante. Os alimentos podem ser comprados com o cartão Alelo em mais de 20 mil estabelecimentos credenciados nos 417 municípios baianos, além de distritos e povoados, movimentando, também, a economia do Estado. 

A partir da próxima segunda-feira (17), os estudantes novos devem entrar em contato com a unidade escolar para agendar a retirada dos cartões. Em caso de dúvida sobre o vale-alimentação, o estudante deve entrar em contato com a escola onde está matriculado ou pelos canais da Ouvidoria (0800 284 0011 e e-mail ouvidoria@educacao.ba.gov). Outras opções são as contas do Facebook (@ouvidoriageraldabahia) e do Instagram (@ouvidoriageralbahia) da Ouvidoria Geral do Estado, que passaram a ser usadas para otimizar esta prestação de serviços aos estudantes, professores, servidores e sociedade de um modo em geral. 

Assessoria de Comunicação 

Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia