Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Guedes diz que taxa da conta de luz vai subir: ‘Não adianta ficar sentado chorando’

 

Foto: Reprodução / Washington Costa/ME

O ministro da Economia Paulo Guedes disse hoje (26) que “não adianta ficar sentado chorando” ao alertar que a taxa extra de luz deve ter novo reajuste por causa da crise hídrica. Os cálculos do governo apontam para a possibilidade da bandeira vermelha nível 2, hoje em R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh), ser elevada para entre R$ 15 e R$ 20, chegando até R$ 25.

 

A declaração veio um dia depois de o ministro perguntar “qual o problema de a conta de luz ficar um pouco mais cara”. Guedes participou, nesta quinta-feira, de audiência pública no Senado, em Brasília.

 

“Temos de enfrentar a crise de frente. Vamos ter de subir a bandeira, a bandeira vai subir. Vou pedir aos governadores para não subir automaticamente (o ICMS, imposto estadual, cobrado no valor total da conta de luz), eles acabam faturando em cima da crise. Isso não é interessante. Temos de enfrentar, não adianta ficar sentado chorando”, declarou Guedes, segundo o jornal O Estado de São Paulo.

 

Com a grave escassez nos reservatórios das principais usinas hidrelétricas, o Brasil enfrenta a pior crise hídrica nos últimos 91 anos. O Ministério de Minas e Energia informou que houve uma “relevante piora” no cenário hídrico do país e nas projeções para os próximos meses.

 

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que as perspectivas de chuvas até o fim do período seco deste ano, meados dos meses de setembro e outubro, “não são boas no momento”. Segundo Albuquerque, os meses de julho e agosto registraram a pior quantidade de águas que chegaram nos reservatórios da série histórica.

 

Fonte: IstoÉ


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia