Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Prefeito baiano proíbe festa com paredão enquanto não tiver 50% da população vacinada com a primeira e segunda dose/dose única

Dois eventos com aglomeração de pessoas deram o que falar em Conceição do Coité no último domingo, 05, um no Povoado Lajinha distante cerca de 5 km da sede do município e outro no pátio de um posto de combustíveis no Bairro Olhos D’água. Várias imagens circularam em redes sociais e grupos de WhatsApp com grande concentração de pessoas que mais pareciam a comemoração do fim da pandemia.

Na lajinha houve uma encontro de paredões que reuniu também motociclistas e pelo menos nos vídeos que circularam não foi visto o cumprimento dos protocolos exigidos pelos órgãos de saúde pública, como este publicado pelo advogado Wagner Francesco em sua página do Facebook. Ele escreveu:

Coité mais uma vez virando notícia no principal jornal do Estado, mais uma vez de forma negativa. Deu o que falar um evento de moto com paredão no município. O prefeito de Coité abandonou a luta contra a COVID. As únicas ações são no Instagram, publicando notas com o final: “cuidem-se. A pandemia ainda não acabou…”.

Todo este descaso é fundamentado numa falsa ideia de controle, de que “tá tudo bem”. Lembro-me de um texto bíblico, 1 Tessalonicenses 5:3, que diz: “… enquanto estiverem dizendo que há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição”.

O prefeito municipal Marcelo Araújo havia liberado eventos para até 300 pessoas e com isto bares, restaurantes e afins voltaram a trabalhar quase que dentro da normalidade no que diz respeito a público, porém, o que foi visto no último domingo extrapolou e boa parte da população criticou fortemente a liberação.

Araújo gravou um vídeo e publicou em redes sociais praticamente se isentando dos problemas e também fez duras criticas aos organizadores.

O gestor inicia alertando que a pandemia ainda não acabou, apesar dos avanços da vacinação que está reduzindo drasticamente os casos de covid-19 no mundo inteiro, porém alertar para uma questão bastante repetida, ou seja, mesmo com a segunda dose as pessoas devem tomar cuidado porque ainda assim podem ser infectadas, embora proteja o paciente de maneira que não venha se agravar.

No vídeo o prefeito relata os dois episódios do último domingo e garantiu que não mais irá acontecer e segundo ele o evento na Lajinha foi assinado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) onde o responsável se comprometeu cumprir todas recomendações para evitar a propagação do novo Coronavírus.

Calila Notícias

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia