Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Justiça condena homem por ameaçar divulgar fotos íntimas da ex-esposa

 

Foto: Pixabay

A 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) manteve a condenação de um homem a indenizar sua ex-companheira por ameaçar divulgar imagens íntimas dela. Os desembargadores ainda dobraram o valor da indenização por danos morais de R$ 7,5 mil para R$ 15 mil.

 

Segundo a vítima, após a separação, o homem começou a ameaçar divulgar fotos íntimas suas para desencorajá-la a entrar com uma ação em busca de direitos patrimoniais que tinha com ele. O réu ainda ameaçou mostrar as fotos para um juiz se o assunto fosse levado ao Judiciário.

 

Ao votar pelo aumento da indenização desembargador Rômolo Russo, relator do caso, destacou a reprovabilidade da conduta do réu, "sublinhando-se que a ameaça de divulgação de fotografias íntimas da autora tinha por escopo desvalorizar e humilhar, desestimulando-a a exercer seu direito de ação".

 

Para ele, o valor de R$ 15 mil é mais adequado ante o "abalo psicoemocional" sofrido pela vítima em decorrência do risco constante de sofrer exposição vexatória de sua intimidade, além de desestimular o homem de ter novamente o mesmo.

 

Por unanimidade, os desembargadores aumentaram o valor da reparação por danos morais, que passou para R$ 15 mil, além  fixar R$ 2,4 mil por danos materiais, com o entendimento final de que a ameaça de divulgação de fotos íntimas, por si só, configura a prática de ato ilícito, ainda que não tenha sido concretizada.

 

BNews

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia