Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Menino de 9 anos entra escondido em avião e viaja só de Manaus até São Paulo

 

Foto: Divulgação

Um menino de 9 anos conseguiu viajar escondido de Manaus para Guarulhos, em São Paulo, neste final de semana. Emanuel Marques de Oliveira foi dado como desaparecido no sábado (26), quando a mãe descobriu que o menino havia fugido de casa. A criança usou a internet para pesquisar como entrar sem ser notado em um avião.

 

Emanuel embarcou sozinho em um voo da Latam, que saiu do Aeroporto de Manaus para Guarulhos. Ele não tinha documentos, passagem nem malas.

 

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e Adolescente de Manaus diz que o garoto não foi ajudado por adultos. Não há detalhes sobre a pesquisa feito pela criança, nem como de fato conseguiu passar pelos controles.

 

A Polícia Civil diz em nota que o menino não tem histórico de violência familiar. Ele disse que viajou porque queria morar com outros parentes em São Paulo.

 

A companhia aérea e concessionária do aeroporto dizem que estão apurando como o menino conseguiu embarcar. Câmeras de segurança foram solicitadas pela polícia para ajudar na investigação.

 

A mãe do menino, a eletricista Daniela Marques, afirmou que notou que o filho não estava em casa no sábado logo cedo. "Acordei às 5h30, fui ao quarto dele, e vi que ele estava dormindo normalmente. Depois mexi um pouco no celular e levantei novamente, já às 7h30, quando percebi que ele não estava mais no quarto e comecei e me desesperar", contou ela ao G1.

 

Depois que divulgou a foto do filho nas redes sociais, a mãe recebeu uma ligação de um funcionário da Latam que contou que tinha visto a criança no aeroporto de Guarulhos.

 

A mãe acionou a polícia. O Conselho Tutelar negociou com a companhia aérea para que o menino voltasse a Manaus na manhã de domingo, já que a mãe não tinha condições de ir buscá-lo.

 

Para a mãe, Emanuel contou que pegou alguns ônibus até chegar ao aeroporto da cidade. "Depois olhou no painel o horário dos voos, e entrou em um deles. O meu filho passou por três vistorias sem que alguém notasse que ele estava sozinho, sem documentação nem bilhete de embarque", diz a mãe.

 

Fonte: Correio

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia