Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Ex-PM preso por matar casal em Barreiras diz que agiu em legítima defesa

Foto: Reprodução

 O ex-policial militar, suspeito de matar um casal na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, na última quinta-feira (7), disse nesta terça (12) que agiu em legítima defesa. Ele foi preso pela Polícia Rodoviária Federal por porte ilegal de arma de fogo, na segunda (11), na BR-242, trecho da cidade de Seabra, na região da Chapada Diamantina.


No início da tarde, ele ficou calado durante o interrogatório e somente disse que falaria em juízo. No entanto, o advogado do suspeito entrou em contato com a TV Oeste, afiliada da TV Bahia, e pediu direito de ampla defesa.


"No dia do acontecido, a senhora Fernanda jogou uma substância de cheiro forte, no terraço da nossa residência. Como todos sabemos, eu e a minha esposa, nós cuidamos de gatos, resgatamos da rua, castramos e temos todos os cuidados com nossos gatos. Ela jogou essa substância, foi o que gerou uma discussão entre eu e a senhora Fernanda inicialmente, e depois o senhor Tião", disse o ex-PM.


De acordo com Wilton Bezerra de Luna, as vítimas estavam com armas brancas e ele atirou na tentativa de proteger a família.


"Ela arrumada com a faca, ele armado com um facão e alguns frequentadores com pedras. E eu, infelizmente, na tentativa de salvaguardar a minha integridade física, da minha esposa e da minha filha, na nossa residência, que depois foi toda saqueada, quebrada, e infelizmente aconteceu o que aconteceu", completou.


Wilton Bezerra de Luna teve a prisão preventiva decretada no final da tarde de segunda. Ele foi transferido para Barreiras nesta terça-feira. Em seguida, de acordo com a delegada responsável pelo caso, Marineide Pires, o suspeito foi encaminhado para o presídio da cidade.


"O inquérito policial já está mais ou menos em fase de conclusão porque a gente tem um tempo para remeter o inquérito. Agora o preso já está preso preventivamente, sem data para ser liberado", explicou a delegada.


O ex-PM é suspeito de matar a tiros os vizinhos Sebastião Robson Ribeiro, de 61 anos, conhecido popularmente como "Tião", e Fernanda da Cruz Fernandes, 46. O crime teria sido motivado por causa de som alto.


Na segunda, a Polícia Rodoviária Federal prendeu o suspeito durante uma fiscalização de veículos no trecho da rodovia no município de Seabra (BA). No momento da vistoria no carro do homem, uma pistola calibre 380 e quatro munições foram localizadas.


Aos policiais, o homem disse que saiu de Barreiras e tinha como destino a cidade de Carpina, em Pernambuco. Informou também que não possuía autorização para portar a arma de fogo. A ocorrência foi encaminhada à delegacia.


Filho chora e neta pede presença da avó


O filho de Sebastião Robson Ribeiro e Fernanda da Cruz Fernandes, Ícaro Fernandes, se emocionou ao falar dos pais, para a TV Oeste, afiliada da TV Bahia.

"Minha mãe chegou no fundo do poço em uma época da vida dela e criou forças. O sonho dela era ser avó, graças a Deus dei esse presente para ela, realizei esse sonho dela", contou.


Segundo Ícaro Fernandes, a filha pega o celular dele, vê a foto da avó e pede pela presença dela.


"Minha filha hoje pega no meu celular, ver a foto da minha mãe e me fala: 'Vem vovó'. Eu sei que nada do que eu disser vai fazer diferença, mas pense um pouco, ame mais, fale mais eu te amo para pessoa que está do seu lado, porque de toda essa vida, o que mais vale é a família, é o amor", disse emocionado.


Caso


Segundo informações da Polícia Civil de Barreiras, Sebastião Robson Ribeiro e Fernanda da Cruz Fernandes foram mortos por Wilton Bezerra de Luna, que é ex-policial militar. Ele fugiu após o crime.


O homem era vizinho de Sebastião Robson e Fernanda da Cruz e havia se mudado para a cidade há cerca de seis meses.


O suspeito tinha uma relação conflituosa com o casal, que era dono de um bar. Testemunhas informaram que o conflito ocorria principalmente por causa do som alto no estabelecimento.


Após o crime, os corpos de Sebastião e Fernanda foram encaminhados para o Instituo Médico Legal (IML). O sepultamento ocorreu na sexta-feira (8), mas não o local não foi informado.


Fonte: g1

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia
Web Interativa - O portal de notícias da Bahia