Presidente do SISPON se posiciona contrário à realização da Festa de Maio “Ponto Novo não tem o que comemorar”

Foto: Felipe Fister/Web Interativa

Redação: Web Interativa 
contatowebinterativa@gmail.com

Em entrevista à Rádio Itapicuru FM, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Ponto Novo, Roberto Santos, se posicionou contrário à realização da Festa de Maio 2017. “A posição nossa, na condição de eleito presidente do Sindicato dos Servidores é contrária até porque nós entendemos que o município hoje foi decretado uma situação de calamidade pública, uma situação de emergência”.
Segundo o mesmo, diante da situação que passa o município, Ponto Novo não tem o que comemorar, além de alegar a crise hídrica, deficiências na saúde e segurança pública, o sindicalista afirmou que servidores estão a cinco anos sem reajuste salarial. “Diante de tudo isso, temos uma classe de servidores a cinco anos sem reajuste salarial”.


Foto: Felipe Fister/Web Interativa
Em sua fala o mesmo ainda defendeu que fosse realizado no máximo um dia de festa.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO