Bahia enfrenta o Corinthians fora de casa e terá Feijão de titular

(Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia)


Retorno de Allione e Lucas Fonseca, além da volta de Régis, pelo menos como opção no banco de reservas. Seriam essas as principais novidades do Bahia para o jogo desta quinta-feira (22), às 19h30, contra o Corinthians, no Itaquerão, não fosse uma mudança um tanto inesperada promovida por Jorginho no meio-campo.
Sem Edson, vetado pelo departamento médico, e com Juninho vivendo má fase, o técnico tricolor testou o volante Feijão no time titular ao lado de Renê Júnior, na quarta-feira (21), no último treino antes do embarque para São Paulo. 
Preterido por Guto Ferreira, o xodó da torcida tricolor já havia sido elogiado pelo novo comandante após o triunfo por 1x0 sobre o Cruzeiro, pela quinta rodada, na Fonte Nova. Na ocasião, Feijão entrou apenas nos minutos finais para ajudar a segurar o resultado.
“Quero ressaltar a entrada do Feijão. Eu chamei ele, disse que ele teria três minutos, ou talvez mais, e falei para fechar aquilo ali. Feijão entrou com uma alegria como se fosse jogar 90 minutos. Esse é o espírito”, ressaltou Jorginho.
Em 2017, Feijão atuou em apenas seis partidas, nenhuma delas como titular. A última vez que iniciou jogando foi na Série B do ano passado, no empate por 2x2 com o Luverdense, no dia 12 de novembro, pela 36ª rodada. 
Contra o líder
A missão tricolor em São Paulo não será nada fácil. Líder do Brasileirão, o Corinthians está invicto há 21 jogos. A situação fica ainda mais complicada quando entra em cena o histórico de confronto entre os dois times. O último triunfo do Bahia sobre o alvinegro foi em 2008, pela Série B.  Na Série A, a última vitória foi em 2003, quando Preto e Didi marcaram e o tricolor venceu por 2x1 no Pacaembu.
“Hoje o Corinthians é a equipe a ser batida pela qualidade do plantel. Uma equipe que está jogando com muita competitividade. Se a gente tiver esse resultado positivo, que é muito difícil, vai ser muito importante”, disse Jorginho, que pode ainda fazer outras mudanças no time.

Na lateral esquerda, Armero deve reconquistar a condição de titular. Contra o Palmeiras ele iniciou no banco, mas entrou no lugar de Matheus Reis no segundo tempo. Na defesa, Lucas Fonseca, recuperado de dor no púbis, volta a formar dupla com Tiago. Allione retorna na vaga de Mendoza, que está emprestado pelo Corinthians e não pode jogar.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO