Ponto Novo: economia à beira da falência

Foto: Reprodução/Romilson Almeida 
Por Web Interativa
12/07/2017-21h14

Além da recessão econômica dos últimos anos sentida em todo Brasil, as condições climáticas do semiárido contribuíram para o agravamento da crise em Ponto Novo. Com forte potencial agrícola, a interrupção da irrigação fez com que centenas de agricultores deixassem de produzir, além de impedir a continuidade da empresa Sítio Barreiras, grande fonte de emprego e renda, trazendo grandes prejuízos à economia do município.
Os reflexos da crise se estendem do campo para a cidade, empresários lamentam a queda brusca no comércio local e aumento no número de inadimplentes. O desemprego aumenta, ocasionando o êxodo para os grandes centros. Acredita-se que a falta de articulação e força política também contribuíram para o atual cenário: uma economia a beira da falência.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO