Internada em UTI, jovem morre após ser atingida na cabeça por monitor

(Reprodução)
Fonte: Correio 24h

Uma jovem de 19 anos morreu no domingo (24) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Barretos (SP) depois que um monitor de batimentos cardíacos caiu na sua cabeça. Beatriz Cardoso estava internada desde o dia 16, depois de sofrer uma queda de cavalo, e tinha acabado de passar por uma cirurgia.
Beatriz sofreu uma queda de cavalo quatro dias antes de se internar. Ela primeiro procurou a UPA de Bebedouro, de onde foi transferida para a Santa Casa com diagnóstico de traumatismo craniano. Ela passou por uma cirurgia no dia 17 e estava desde então na UTI. A família relatou em boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial que a jovem se recuperava bem, mas o hospital informou na segunda (18) que ela ia precisar fazer uma cirurgia para estancar um sangramento no cérebro.
A família informou que o novo sangramento foi causado pela queda de um monitor de batimentos cardíacos justamente na cabeça da jovem. “No outro dia, no período da tarde, os pais foram visitá-la. Muito embora ela estivesse sedada, reagia aos estímulos. Naquela noite, o aparelho de monitoramento instalado sobre a cama caiu na cabeça dela. Ela passou por nova cirurgia e foi colocada em coma induzido”, diz ao G1 o delegado Antônio Alício Simões Júnior ao G1.
A polícia investiga o acidente, que no momento é tratado como homicídio culposo - sem a intenção de matar. A expectativa é descobrir de quem foi a responsabilidade pela queda - se o aparelho estava mal posicionado ou se alguém o derrubou de maneira proposital. A Santa Casa informou que vai colaborar com as autoridades para apuração dos fatos. 

"A princípio estamos apurando se houve negligência dos médicos e enfermeiros da UTI. Isso vai depender de laudos sobre o aparelho e sobre o local. Também vamos colher o depoimento de cinco enfermeiros e dois médicos: o pela cirurgia e o que se responsabilizava pela UTI no dia do acidente", disse o delegado ao Uol.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO