Ponto Novo: Câmara decide nesta semana futuro político do vereador Michel Jonathan

Foto: Felipe Fister/Web Interativa

Por: Donato Costa/Web Interativa
contatowebinterativa@gmail.com

Nesta semana, a Câmara de Vereadores de Ponto Novo deve receber a defesa do vereador Michel Jonathan que pode perder o mandato na Casa Legislativa após denúncia feita pelo presidente do diretório municipal do PSOL, Jamilton Fernandes, alegando que o vereador teria extrapolado o limite de faltas nas sessões ordinárias. Segundo a denúncia, Michel faltou a treze sessões, o que representa um terço das reuniões em plenário. Por sua vez, Michel Jonathan classificou a denúncia como ‘tentativa de armação’.

Prazo

Ao vereador, foi dado o prazo de dez dias para apresentar sua defesa. O prazo se encerra nesta quinta-feira (15).

Entenda o decorrer

Após receber a defesa, o presidente da Câmara, Junior do Roque encaminha para a assessoria jurídica da Casa, que irá averiguar e opinar pela aceitação ou não da defesa. Após isto, o presidente baixa o decreto, inocentando ou condenando o edil.  
Caso o vereador seja condenado, seu mandato será declarado extinto, e seu suplente sendo convocado para assumir a vaga na Câmara.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO