Brasil terá inverno mais frio, mas não dos últimos 100 anos; entenda


Exame
Circulam pelas redes sociais notícias de que o inverno deste ano será um dos mais frios dos últimos 100 anos no Brasil. No entanto, isso não passa de uma falsa informação, as chamadas fake news.
O Instituto Climatempo afirmou que o aquecimento das águas do oceano Pacífico poderá proporcionar um inverno mais quente do que o esperado para a média no país. Ao Exame, foi enviada uma nota alegando que com esse aquecimento o fenômeno El Niño não deverá se formar. “Sob esta condição, espera-se um inverno dentro da normalidade, ou até ligeiramente mais quente do que o normal”, afirmaram na nota.
O El Niño é um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico Tropical. Altera o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais.
O meteorologista Alexandre Nascimento ainda afirmou que não é encontrado nenhuma mudança no oceano e atmosfera que possam proporcionar um resfriamento entre as estações do outono e inverno na América do Sul. “As condições oceânicas são parecidas com a observada nestas estações no ano passado”, afirmou.
Alexandre, que é um dos especialistas do Climatempo em análise climática, destacou que algumas regiões do pais poderão registrar “frio intenso”, mas nada fora do normal. Alguns pontos do Sul do Brasil poderão ter geada forte, enquanto em São Paulo e Mato Grosso do Sul poderá acontecer geada.



Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO