Posição sexual pode matar em 30 minutos; entenda

iBahia

Você sabia que é possível morrer durante o ato sexual? Apesar de raro, pode acontecer e acomete mais mulheres do que homens. O problema é que, durante o sexo, muito ar entra na vagina da mulher e, caso fique preso, pode causar a chamada embolia gasosa, problema onde bolhas entram na corrente sanguínea e causam complicações nos vasos, que podem se romper. 
Nesses casos, a mulher pode morrer em até 30 minutos. O ideal é que o par procure ajuda médica imediatamente, já que a mortalidade do problema é de 30%. Os principais sintomas são falta de ar, dores na região torácica, perda de consciência e náusea. É possível evitar o problema tomando algumas medidas, segundo especialistas: na hora de realizar o sexo oral, o esforço deve ser direcionado na região da vulva, o que vai evitar a entrada de ar na vagina.

Masturbação também pode trazer sérios problemas

Mesmo não sendo mortal, a fratura peniana é mais comum do que se imagina. Durante a masturbação, muita gente exagera na força e na velocidade e acaba prejudicando o membro que, se não tratado a tempo, pode sofrer algumas sequelas. Há também uma posição muito perigosa para o casal: de quatro. A depender do ângulo, da força e da forma como você penetra, é possível fraturar o pênis e ter complicações mais sérias, como tortuosidade definitiva e perda da sensibilidade na região.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO