Dona da Nutella está recrutando 60 degustadores para seus chocolates

Foto: Reprodução
Agência o Globo


O grupo italiano Ferrero está está recrutando 60 degustadores para provar as matérias-primas usadas em seus famosos doces e chocolates, entre eles, a popular Nutella. Essa é a primeira vez que a empresa lança uma oferta tão original, que rapidamente se tornou viral nas redes.

O grupo italiano explicou que, geralmente, esse tipo de trabalho é realizado pelo pessoal interno, mas a Ferrero decidiu envolver pessoas “normais”, que não trabalham no setor.

“Precisamos de 60 degustadores para provarem os produtos de confeitaria”, diz o anúncio publicado no site Openjobmetis. A ideia é do setor de pesquisa e desenvolvimento da Ferrero, que deseja “educar o olfato, paladar e a capacidade de se expressar” das pessoas que provam produtos tais como o cacau, avelã em pó, entre outros.

O grupo, com 60 anos de experiência, foi fundado por Michele Ferrero, um dos homens mais ricos da Itália. Além da Nutella, a empresa, cujo curso de capacitação será remunerado, produz os ovos Kinder e a linha Ferrero Rocher.

Os escolhidos estudarão durante três meses, a partir de setembro, e 40 deles serão contratados para provar os produtos usados durante quatro horas semanais na sede da Ferrero, na cidade de Alba, Norte da Itália.

Terceiro maior fabricante de guloseimas achocolatadas do mundo, a Ferrero duplicou seu faturamento em dez anos, somando mais de dez milhões de euros. O grupo conta com 22 fábricas de produção e mais de 30 mil funcionários.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO