ACM Neto rechaça fala de filho de Bolsonaro: ‘Ninguém pode concordar com isso’

Foto: Matheus Morais/ bahia.ba


Alexandre Santos / Matheus Morais

O prefeito ACM Neto (DEM), que declarou apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da corrida presidencial, afirmou “não concordar” com as recentes declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do capitão da reserva, de que bastariam um soldado e um cabo para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF).

“Ninguém pode concordar com isso. São declarações que precisam ser vistas com muita cautela. Não podem ser, de maneira alguma, a tônica do pensamento do futuro governo. E o próprio Jair Bolsonaro já foi a público dizer que não é o pensamento dele, que ele não concorda com isso, tá certo? Que desautoriza qualquer colocação nesse sentido”, declarou o prefeito de Salvador na manhã desta quarta (24), ao ser questionado pelo bahia.ba em evento de apresentação do plano de concessão do Centro de Convenções a ser gerido pela administração municipal.

Dizendo-se vítima das chamadas fake news, o chefe do Palácio Thomé de Souza aproveitou para culpar o PT pela disseminação de boatos nas redes sociais. “Alimenta-se coisas. Antes de chegar aqui, eu recebi um vídeo no WhatsApp, editado, de uma entrevista que eu dei. Editaram colocações minhas de um vídeo no primeiro turno e espalharam. Isso é coisa do PT”, atribuiu Neto.

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO