Pitacos: a lição deixada pela eleição da Mesa Diretora da Câmara de Ponto Novo

Foto: Luis Ferreira/Web Interativa 
Por: Felipe Fister

Diferente do que parece, os vereadores - especialmente do grupo de situação -  não dizem só amém às coordenadas dos condutores do grupo político e a eleição para a nova Mesa Diretora da Câmara provou isto.

Alguns edis me confidenciaram, e evidentemente pediram sigilo à fonte, que o candidato do chefe do Executivo, era o vereador Michel Jonathan, mas dentro da própria bancada uma celeuma foi instaurada e o grupo foi dividido.

De um lado, Michel Jonathan, Manoel Roberto, Maria Gama e Lé do Bode, com o apoio de Nelo de Represa. Do outro, Arnóbio de Bezerras, Joelma de Oliveira e Reinaldo Silva que após articulações muito bem-feitas, conseguiram “reforços” com vereadores da oposição, Junior do Roque, Nel Maia e Zé da Boate que foram decisivos na eleição.  

Há quem diga que o grande derrotado foi o prefeito Tiago Venâncio, não é para tanto, pois estão todos em casa, Arnóbio já afirmou que continua com o prefeito, o fato é que a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara nos deixa uma lição: mesmo que se tenha maioria, uma articulação bem-feita é muito importante.


Quem escreve:
Felipe Fister é radialista e tem 20 anos de idade, com passagens pelas rádios Itapicuru FM, Paiaiá FM e Rainha FM. Atualmente, Felipe atua na rádio Ipirá AM.


Confira a coluna em vídeo:  

Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO