Câmara aprova orçamento de mais de R$ 58 milhões como estimativa de gastos da Prefeitura de Ponto Novo para 2019


Redação: Web Interativa
redacao@interativapn.com

Na Câmara Municipal de Ponto Novo nesta segunda-feira (13), o dia foi importante, para definir o quanto a prefeitura de Ponto Novo gastará em serviços na cidade em 2019. No último dia de trabalhos legislativos na casa, os 11 vereadores compareceram. Mas nem todos os vereadores estavam tão preocupados assim com o que estava sendo votado, com já vem quase rotineiro teve mais um bate-boca pessoal.

Os vereadores: Nelo de Represa, Robertinho, Reinaldo Silva, Maria Gama, Manoel Maia, Joelma Oliveira, Arnóbio de Bezerras, Lé do Bode, Michel Jonathan votaram a favor, Zé da Boate e Júnior do Roque se abstiveram, como a maioria dos edis votaram a favor a lei orçamentária anual do valor de R$ 58.073.135 (Cinquenta e oito milhões, setenta e três mil, cento e trinta e cinco reais), para 2019 foi aprovada, além disso, foi consignado no orçamento a previsão de Reserva de Contingência no valor R$ 562.681,5 (quinhentos e sessenta e dois mil e oitenta e um reais e trinta e cinco centavos), a Reserva de Contingência é uma ferramenta orçamentário/contábil, que permite a reserva de recursos orçamentários livres para que a administração possa dispor a qualquer momento para situações imprevistas do ponto de vista do planejamento orçamentário, mediante créditos adicionais e, suplementações. É mais um legado do governo militar com o aperfeiçoamento da legislação como forma prudencial para a preservação das funções do Estado (funções de governo) seguindo a lógica dos princípios da continuidade dos serviços públicos, da responsabilidade e, da providência.
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO