"Sempre achei os memes ofensivos", desabafou Fábio Assunção



Redação: iBahia

Quem ainda não ouviu a música que fala sobre o 'modo Fábio Assunção ativado' ou algum meme com o ator está por fora do que está rolando pelo Brasil. O artista se tornou motivo de piada nas redes sociais por conta do seu problema com álcool e é associado a todo momento à curtição, farra, final de semana e bebida.



Em entrevista ao 'Conversa com Bial', no ano passado, Fábio desabafou que não gostava das brincadeiras. "Virou o 'sextou'. Sempre achei os memes ofensivos. Conversei com meu filho (João, de 15 anos), falei que estava pensando em processar um deles e ele disse: 'pai, não faz isso não, é zoeira'. Vi que estava pegando pilha, levando a sério. Daqui a pouco alguém toma um porre na sexta e eu vou perder o título", disse ele na ocasião.

O ator também comentou sobre a dependência química: "já tive uso exagerado e uma relação obsessiva. É uma coisa que pode acontecer, você não sabe se o uso recreativo vai te levar a isso. Para mim esse assunto já foi, estou em outra fase. É um assunto muito recorrente, tem uma coisa de estigma que tenho que lidar".


Máscara


O 'modo Fábio Assunção' é tão forte que até já tem máscara com o rosto dele sendo vendida para o Carnaval. A reprodução das máscaras, no entanto, não foi autorizada pelo ator, mas é possível encontrar na internet por cerca de R$ 4,50 cada.

Sobre o produto, alguns famosos criticaram. Uma postagem no Instagram fala sobre as máscaras e diz: "O Brasil e os Estados Unidos vivem uma grave epidemia de consumo de drogas, nos US chamada de 'opioid crisis'. Estamos vivendo uma inversão de valores, onde rir das pessoas que estão vivendo o pior momento de suas vidas é engraçado".

O texto recebeu quase milhares de curtidas em poucas horas e exibe a imagem do ator com o comentário "Dependência química é caso sério". Juliana Alves, a ex-BB Gleici Damasceno, Dan Ferreira, entre outros foram alguns dos famosos que apoiaram as críticas.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Web Interativa

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO