Corpo de Michael Jackson pode ser exumado, após 11 anos, por acusações de abusos

Foto: Kevork Djansezian/Getty Images


Redação: Varela Notícias

Após denúncias de abusos sexuais, o corpo de Michael Jackson pode ser exumado. Durante o documentário Leaving Neverland dois homens denunciaram o cantor, morto em 2009, de abuso. Em seguida, outras pessoas também denunciaram que o cantor as abusou enquanto tinham entre 8 e 14 anos. Todas as vítimas pedem a exumação do corpo de Michael.

Segundo o site americano Radar Online, uma pessoa ligada ao caso revelou que há no mínimo 11 pessoas acusando o ator: “Há pelo menos 11 novas vítimas que afirmam terem sido molestadas e até mesmo estupradas por Jackson quando elas tinham entre sete e 14 anos – e a lista está crescendo”, afirmou.

Apesar dos boatos de que o rei do pop teria sido cremado secretamente, as vítimas estão certas de que o corpo do cantor está em em um memorial. Caso Michael seja mantido como parte de uma investigação criminal, a família do cantor não precisará ser consultada sobre a exumação do corpo.

Na história sobrou até para o FBI, Departamento Federal de Investigação do departamento de justiça dos Estados Unidos, que foi acusado de saber que Michael era um criminoso sexual e encobri-lo.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Web Interativa

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO