Polêmica: Rádio Comunitária de Jaguarari é bloqueada por transmissor clandestino


A cidade de Jaguarari, que até o último dia 22 de fevereiro só tinha uma emissora de rádio autorizada a funcionar, ganhou a sua primeira Rádio Comunitária totalmente legalizada pela ANATEL e MCTIC.

A emissora de RADCOM que estava funcionando em fase experimental e operada pela Associação Cultural e Artística de Jaguarari, TEVE SEU SINAL PREJUDICADO, na noite deste sábado (09/03/2019) por um sinal de um transmissor clandestino, ligado ilegalmente na mesma frequência (104,9MHz) da RADCOM outorgada, supostamente com o objetivo de IMPEDIR que a população jaguarariense ouça o som da RADCOM.

Segundo o Jaguarari Online não se sabe ainda que está por de trás deste crime, mas sabe-se que deve ser alguém interessado em impedir que Jaguarari tenha outra emissora de Rádio.

A diretoria da entidade mantenedora da RADCOM se reuniu na tarde deste domingo (10) para estudar as medidas legais a serem adotas, dentre elas acionarem a fiscalização da ANATEL e também prestar queixa na Polícia Federal e fazer a denúncia ao Ministério Público Federal.

É lamentável que exista em Jaguarari alguma pessoa que queira impedir a população de ter o direito de ouvir outra emissora de rádio, usando para isso, ato clandestino. 

Jaguarari quer e tem o direito de ter uma outra rádio. Os rádios dos moradores de Jaguarari não são obrigados a serem ligados numa única rádio e possivelmente quem está por trás deste crime deve está incomodado com a sintonia da Rádio Comunitária TOP FM 104,9 MHz.

A TOP FM continua com a sua programação normal que pode ser ouvida pelo RADIOSNET e pela internet, em www.topfmjaguarari.com.

Jaguarari Online

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário