Bahia tem 91 presos por crimes graves após operação policial


A Bahia teve 91 presos nesta quarta-feira (24). Todos são acusados de crimes graves no estado, como homicídios, latrocínios, estupros, tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio. Eles serão encaminhados ao sistema prisional.

As prisões ocorreram durante após a Operação PC27, que envolveu as polícias Civis dos 26 estados e do Distrito Federal (DF). Eles tinham mandado de busca e apreensão contra foragidos da Justiça envolvidos em crimes graves.

Na Bahia, foram 1,2 mil policiais em ação, divididos em 321 viaturas. Eles efetuaram prisões em Salvador e em cidades do interior - no entanto, não foi informado quantas pessoas foram presas na capital e quantas foram capturadas em demais municípios. 

Além dos 91 presos, oito adolescentes que possuíam mandados de apreensão em aberto também foram localizados. Eles foram encaminhados ao Ministério Público (MP) para adoção de medidas socioeducativas.

Também foram apreendidas porções de maconha, cocaína e crack - a quantidade não foi informada -, além de quatro armas de fogo.

De acordo com o delegado-geral Bernardino Brito Filho "a Operação PC27 é fruto dos trabalhos investigativo das polícias judiciárias do Brasil". Ainda segundo ele, a ideia de unir as policiais de todo o país ocorreu durante uma das reuniões do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC).

O Correio

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário