Com foco no Nordeste, partido de Bolsonaro dá início a atos para sair do papel

Foto: Agência Brasil


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai priorizar o Nordeste a partir da próxima semana na estratégia para obter assinaturas necessárias à criação da Aliança pelo Brasil. O novo partido precisa do apoio de 492 mil assinaturas até abril, a tempo de disputar as eleições municipais.

A região foi a única do país em que Bolsonaro foi derrotado em todos os estados no segundo turno da eleição presidencial de 2018. O Nordeste tem o segundo maior eleitorado do país -26,8%, atrás apenas do Sudeste, com 43,4%, de acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Pesquisa Datafolha de dezembro mostrou também uma forte rejeição ao governo Bolsonaro no Nordeste. Na região, 50% veem a gestão como ruim ou péssima, e para 20% ela é ótima ou boa.

Por concentrar cidades com menos acesso à internet, a organização da sigla aposta na realização dos eventos para impulsionar apoio no Nordeste, assim como no Norte. Até 16 de fevereiro, há previsão de eventos em 25 capitais, 8 delas ainda em janeiro. A maioria fica no Nordeste: João Pessoa, Natal, Salvador, Teresina e São Luís.

Organizadores da legenda dizem não ter um orçamento definido para os atos, bancados, segundo eles, por voluntariado local.

Folhapress

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário