Bolsonaro diz que vai pedir ao Ministério da Saúde isolamento só para idosos e pessoas doentes




Após um pronunciamento que gerou perplexidade, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (25) que vai pedir ao Ministério da Saúde uma mudança na orientação de isolamento durante a pandemia do novo coronavírus. Para ele, a restrição tem que acontecer apenas para idosos ou pessoas com outras doenças.

"Conversei por alto com o Mandetta ontem (terça-feira). Hoje vamos definir essa situação. Tem que ser, não tem outra alternativa", disse  Bolsonaro.

"A orientação vai ser vertical daqui para frente. Eu vou conversar com ele e tomar a decisão. Não escreva que já decidi, não. Vou conversar com o Mandetta sobre essa orientação", completou.

A ideia do presidente contraria a recomendação de autoridades da saúde como a própria Organização Mundial da Saúde (OMS). Vários estados do Brasil tomaram medidas para que se evitem aglomerações e o possível contágio da Covid-19.

"É preciso botar povo para trabalhar e preservar idosos", afirmou. "Nós temos que tomar decisões neste momento difícil. Não sou eu que vou procurar a mídia e ter um discurso de calamidade, de histeria, como se eu fosse o pai de todos os brasileiros. Eu sou pai, entre aspas, para conduzir o destino do Brasil", acrescentou.

Bahia Notícias

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário