Bolsonaro pede reabertura de comércio e escolas e fim do 'confinamento'


Metrópoles 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na noite desta terça-feira (24/03) que a crise causada pelo avanço do coronavírus no Brasil “breve passará”; criticou medidas restritivas tomadas por governadores e prefeitos, sem citar nomes, e convocou o país a “voltar à normalidade”. Para o presidente, os brasileiros devem “abandonar o confinamento em massa”, pois “o grupo de risco é das pessoas acima de 60 anos”


Criticou fechamento de escolas e medidas mais severas de distanciamento social. Achou tempo para ironizar o médico Drauzio Varella, mesmo sem citar o nome dele.
A fala ocorreu em em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão. Veja a íntegra da mensagem:



Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário