Imagens aéreas mostram cheia do rio São Francisco em Bom Jesus da Lapa


A cheia do rio São Francisco ocasionada principalmente pelas chuvas no norte de Minas Gerais chama atenção, muitas pessoas tem admirado o Velho Chico em Bom Jesus da Lapa, Bahia, assim tirando fotos, seja para deixar registrado o momento ou por admirar tamanha beleza e imponência com o nível da água, mas a cheia também pode ocasionar inundações e alguns transtornos, principalmente para o povo ribeirinha.
Imagens aéreas divulgadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) mostram a dimensão da cheia do rio São Francisco em Bom Jesus da Lapa, na Bahia. Segundo dados da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), esta é a maior cheia no Velho Chico desde 2012. Neste período, o rio passou por duras secas, principalmente nos anos de 2014 e 2017.
A água já ocupa todo o leito do rio e se espalha pelas lagoas da margem. O nível das águas já ultrapassou 8 metros, maior do pico registrado no início de fevereiro, que foi de 7,33 metros.
O nível em Bom Jesus da Lapa deve continuar subindo no decorrer da semana. Por esse motivo a população ribeirinha e pescadores devem ficar atentos às mudanças no rio. A cidade, no entanto, não deve ser atingida pela enchente, levando em conta dados históricos de vazão registrados no Norte de Minas Gerais.
A Hidroelétrica de Três Marias abriu abriu parcialmente as comportas no dia 28 de fevereiro e aumentou o vertimento na última quinta-feira (5). A previsão da Cemig, operadora da usina, é de que as comportas continuem abertas até a próxima sexta-feira (13), no entanto, não deve haver mais aumentos de vazão.
As chuvas diminuíram nas regiões das cabeceiras do rio São Francisco, em Minas. No Norte do Estado e Noroeste, além da Bahia, deve continuar chovendo até meados desta semana.
 Codevasf

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário