Whey protein: o que é, para que serve e outras verdades sobre o suplemento


Um dos suplementos alimentares mais famosos e muito consumido pelo "pessoal da academia" é o whey protein. Embora popular, também é um produto que causa muitas dúvidas, me fazendo acreditar que muita gente não sabe, de fato, o que é, do que é feito e por que é tão utilizado por praticantes de atividades físicas, especialmente por quem busca ganhar força e massa muscular. Vamos desvendar esses mistérios?

O que é o whey protein?

Parece complexo, mas na verdade é bem simples: o whey protein nada mais é do que a proteína do soro de leite da vaca, que é composto por carboidrato, gordura e proteína. Por meio de um processamento industrial, é retirada apenas a proteína do leite, transformada em pó, saborizada e comercializada. Ou seja, é proteína em pó.

Quais os tipos?

Existem diversos tipos, inclusive opções extraídas de ervilha, arroz e soja para os veganos - mas aqui vamos focar em três principais, extraídos do leite de vaca: concentrado, isolado e hidrolisado. 
O primeiro possui quantidades significativas de carboidratos e gordura, além de absorção mais lenta. O segundo é uma forma mais pura que a concentrada e tem absorção mais rápida. Já o whey protein hidrolisado é ainda mais puro e de mais rápida absorção. A melhor opção pra você vai depender de fatores que devem ser avaliados junto ao seu nutricionista.

Whey protein engorda?

Eis uma pergunta recorrente, já que o  whey é mais consumido por praticantes de atividade física. A verdade é que ele é uma fonte proteica como qualquer outra. Equivale a carne, por exemplo. Se você comer carne, vai engordar? Lembre-se sempre que o que engorda é ingerir mais calorias do que seu corpo gasta, independente se for com excesso de proteínas da carne ou do soro do leite.

Só é indicado para quem pratica atividade física?

Quando praticamos atividade física, seja de força, aeróbico, de resistência, de baixa ou alta intensidade, ocorrem microlesões no tecido muscular: é assim que ele cresce e se mantém saudável. Durante algum tempo, se acreditava que a suplementação de proteínas após o exercício era determinante para a recuperação muscular. Foi assim que o whey ficou associado à atividade física. Hoje já sabemos que a ingestão de proteínas total diária é o mais importante.

É necessário? Como posso substituir?

De forma geral, o whey protein acaba sendo uma forma prática de consumir a quantidade de proteína necessária, mas isso não significa que é necessário suplementar. Uma dose dele possui entre 18g a 25g de proteína e isso, significa, em média:
  • 4 ovos de galinha
  • 120g de peito de frango grelhado
  • 110g de contra-filé
  • 120g de carne de patinho moída
  • 120g de atum
  • 2 potes (170g) de iogurte desnatado
  • 150g de feijão
  • 250g de tofu

Importante

Alguns alimentos possuem outros macronutrientes (carboidrato e gordura, por exemplo), além de proteína. Procure um nutricionista para identificar as suas reais necessidades nutricionais e a melhor maneira de montar sua rotina alimentar.

Gauchazh

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">