Acusado de assassinar o músico e empresário Jeovane de Capim Grosso é preso em ação conjunta entre a PM e Guarda Municipal, em Jacobina



No início da tarde desta quarta-feira, 30 de setembro, após informações colhidas pela ferramenta DISK DENÚNCIAS da 24ª CIPM, a equipe comandada diretamente pelo Major PM Flailton Oliveira, Comandante da Unidade, em conjunto com integrantes da 91ª CIPM e Guarda Civil Municipal de Jacobina, localizou, capturou e conduziu à sede da 16ª COORPIN o indivíduo foragido e suspeito de ser o autor do homicídio do Músico e Empresário Jeovane Souza de Capim Grosso. O indivíduo foi localizado no interior do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do Conjunto Habitacional Jacobina I, onde aguardava atendimento. 

Jeovane Souza de 33 anos de idade, foi morto a tiros no último dia 06 de setembro, no povoado de Pimenteira, zona rural do município de Quixabeira, na Bacia do Jacuípe na Bahia. Jeovane era natural do município de Pé de Serra, atuava no ramo de restaurantes em Capim Grosso e também era músico sanfoneiro. Ele ficou bastante conhecido na época que foi integrante da Banda Caciques do Nordeste e recentemente fazia parte da banda 100 Parêa. A morte do músico gerou bastante comoção na cidade e região, por ser um jovem bastante conhecido e querido pela população. 

"Lamentável a perca prematura deste jovem e promissor Músico e Empresário. Agradeço e parabenizo os Policiais Militares e Guardas Civis Municipais, os quais deram todo suporte operacional a este Comandante, na eficaz captura do suspeito deste bárbaro homicídio. Rogo a Deus que, com esta prisão, todos os fatos sejam esclarecidos e que justiça seja feita. " Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM. 

Setor de Comunicação Social da 24ª CIPM

Sobre Web Interativa

WEB INTERATIVA - PORTAL DE NOTÍCIAS - Redacao@interativapn.com

0 comentários:

Postar um comentário

reverse_time-href="https://www.interativapn.com/" data-numposts="5" data-width="">