Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Veja como atualizar cadastro no Caixa TEM para saque do auxílio emergencial

Com a proximidade do pagamento do novo auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal, responsável pelo pagamento, pede que os beneficiários atualizem o cadastro no Caixa TEM. Na última quinta (11), o banco divulgou o calendário de atualização, conforme o mês de nascimento dos beneficiários.

Veja como atualizar cadastro no Caixa TEM para saque do auxílio emergencial

No mesmo dia da divulgação do calendário de atualização dos dados cadastrados no Caixa TEM, a instituição financeira alterou as datas. Com isso, os beneficiários irão começar a atualizar os dados no próximo domingo (14). Sendo assim, poderão ter direito de receber as parcelas do novo auxílio emergencial.

Com o intuito de não congestionar o sistema, a atualização acontecerá de forma escalonada, de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Sendo assim, os nascidos em janeiro darão início às atualizações no domingo.

As atualizações seguem na terça-feira (15) para os nascidos em fevereiro. Na quinta-feira (18) será a vez dos nascidos em março e no sábado (20) os nascidos em abril.

Os beneficiários nascidos nos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro devem fazer a atualização nos dias 22, 23, 24, 25 e 26, respectivamente. Por fim, os nascidos em outubro, novembro e dezembro farão as atualizações nos dias 29, 30 e 31 de março, respectivamente.

Diferente do calendário anterior que colocava beneficiários nascidos entre dois meses para fazer a atualização do cadastro em um dia, esse novo tem como intuito evitar o congestionamento na plataforma colocando um grupo por vez.

Calendário de atualização dos dados no Caixa TEM

Mês de nascimentoDia para fazer atualização
Janeiro14 de março (dom)
Fevereiro16 de março (ter)
Março18 de março (qui)
Abril20 de março (sab)
Maio22 de março (seg)
Junho23 de março (ter)
Julho24 de março (qua)
Agosto25 de março (qui)
Setembro26 de março (sex)
Outubro29 de março (seg)
Novembro30 de março (ter)
Dezembro31 de março (qua)

Atualizar o cadastro no Caixa TEM

O procedimento tem como intuito proteger os clientes e oferecer mais praticidade. Além disso, esses dados serão usados pelo Ministério da Cidadania para selecionar os novos contemplados pelo auxílio emergencial 2021.

A atualização é totalmente online, através do aplicativo. Veja abaixo como fazer :

  • Entre no aplicativo;
  • Clique na área “Atualize seu cadastro”;
  • Informe os dados pessoais solicitados ou altere o que for preciso;
  • Caso necessário, envie os documentos pedidos (o envio dos documentos é feito no app, podendo ser tirada uma foto ou scannear).

Novo auxílio emergencial

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial que permite o pagamento do novo auxílio emergencial com a limitação de R$ 44 bilhões fora do teto de gastos foi aprovada ontem, quinta-feira (11), em segundo turno na Câmara dos Deputados.

Veja como atualizar cadastro no Caixa TEM para saque do auxílio emergencial
Veja como atualizar cadastro no Caixa TEM para saque do auxílio emergencial (Imagem: Google)

Com isso, basta o presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), sancionar a PEC e fazer uma Medida Provisória com os detalhes do auxílio emergencial de 2021.

Dessa maneira, falta o presidente e sua equipe econômica apresentar ao Congresso Nacional a sugestão de como será pago o auxílio este ano, ou seja, quantidade e valor das parcelas.

olsonaro já havia falado que a proposta do seu governo é pagar quatro parcelas de R$ 250 a mais de 40 milhões de brasileiros, incluindo os 14 milhões que são beneficiários do Bolsa Família. Esses pagamentos deveriam começar este mês e seguir até junho deste ano.

Na última segunda-feira (08), o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou que o valor do novo auxílio terá variação entre R$ 175 a R$ 375, mas que a média paga será de R$ 250, como afirmou o presidente da república semanas antes.

Essa variação, explicou Guedes, dependerá da composição familiar. Sendo assim, o homem que for o único responsável familiar receberá R$ 175. As famílias que são formadas por um casal receberá parcelas de R$ 250 e, por fim, as mulheres que são responsáveis por uma família monoparental irão receber R$ 375.

Como é possível perceber, não haverá um valor exato para a parcela, mas sim três valores para três situações familiares. Porém, assim como no ano passado, o governo tem o intuito de proteger todas as famílias em situação de vulnerabilidade social, principalmente aquelas que são chefiadas por mulheres.

Fdr

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia