Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

 

Foto: Reprodução

A delegacia de atendimento à mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, indiciou Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, por violência doméstica. Ele nega as agressões.

 

Segundo nota da Polícia Civil, o cantor foi indiciado pelo crime de lesão corporal na forma da Lei Maria da Penha.

 

Em nota, a defesa de Nego do Borel afirmou que só irá se manifestar quando tiver acesso ao inquérito.

 

As acusações são da ex-namorada Swellen Sauer, que foi assessora de imprensa de Nego do Borel em 2013, no início de sua carreira.

 

Em entrevista ao Fantástico, ela afirmou que foi agredida por ele com socos na costela. Há também acusações de ter sido enforcada com um carregador de telefone.

 

 

"Ser contrariado e quebrar coisas. Ser contrariado e bater com a própria cabeça numa placa de rua. Ser contrariado e te chamar num camarote de uma boate e te dar um soco na costela", relata.

 

Swellen também falou sobre uma agressão que teria acontecido após uma crise de ciúmes de Nego do Borel.

 

"Ele ficou com ciúmes e veio atrás de mim, falando, reclamando. Estava com carregador e o celular na mão e me encostou na parede, e colocou o carregador. Na hora você não realiza muito bem o que está acontecendo. Até que senti realmente, que me faltou o ar. Eu estava com uma amiga e ele com o empresário dele, eu chamei por eles e ele se afastou".

 

Nego do Borel nega as agressões.

"Não aconteceu isso. Não entendo por que ela fala que deixei ela sem ar, dei soco na costela dela, era muito agressivo e ela não fez nenhum registro na delegacia. Ela tinha que ter feito, e ela não fez. Isso é o certo."

Foto: Reprodução/Instagram


 

G1

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia