Web Interativa - O portal de notícias da Bahia

Mulher finge que vai fazer sexo oral e corta 80% do pênis de homem em Minas

Cansada dos constantes estupros cometidos pelo sobrinho de seu marido, uma mulher de 59 anos cortou o pênis e um dos testículos do homem, de 41 anos, na madrugada da última segunda-feira (8), no distrito de Bichinho, em Prados, na região do Campo das Vertentes, no interior de Minas Gerais. Para cometer o crime, ela fingiu que faria sexo oral na vítima e usou uma faca para decepar o membro.

O homem deu entrada por volta das 4h50 na Santa Casa de Prados, onde a Polícia Militar (PM) foi acionada. A enfermeira da unidade de saúde contou que o homem teve 80% do pênis e o testículo direito cortados, chegando ao local com pressão baixa e um grande sangramento. Em estado grave, ele precisou ser transferido para a Santa Casa de São João Del-Rei, na mesma região.

Apesar da gravidade do ferimento, o homem conseguiu informar aos policiais quem seria autora, a mulher de seu tio que morava no distrito de Bichinho. Ao chegar ao local do crime, na rua Joaquim José da Silva, os policiais encontraram a casa fechada, mas conseguiram ver na área externa algumas manchas de sangue e poças de água, indicando que a mulher limpou a cena.

Após buscas na região, ela acabou localizada na casa de seu filho, também no município. Foi então que a suspeita confessou o crime, mas alegou que agiu em legítima defesa, já que o sobrinho de seu marido, que também era vizinho do casal, teria tentado estuprá-la naquela madrugada.

Ainda de acordo com a PM, ela disse que há algum tempo o homem vinha a molestando e forçando a manter relações sexuais com ela, mas que nunca contou ao marido e filhos por ser ameaçada por ele.

Confissão

Durante o depoimento à polícia, a mulher relatou que, no dia, ela teria saído no quintal para fumar quando foi surpreendida pela vítima, que pulou a cerca de sua casa e a agarrou, dizendo que estava morrendo de saudades e que ela não "saía de casa mais para ficar com ele".

Já com uma ereção, o homem teria induzido que ela fizesse sexo oral, momento em que ela pediu que aguardasse pois ela pegaria um pedaço de papel. Foi então que a suspeita se aproveitou da distração dele e pegou uma faca que estava no tanque da casa.

Ainda conforme a PM, ela disse ter fingido que faria sexo oral para segurar o pênis com uma mão e desferir o corte com a outra, confessando inclusive que o objetivo era realmente decepar o órgão sexual da vítima.

Para evitar que o marido percebesse o que aconteceu, ela limpou a casa antes de sair. A mulher afirmou ainda que não se lembrava de onde teria colocado a faca usada no crime.

Ela foi presa em flagrante por lesão corporal e acabou levada para a Delegacia de Plantão de São João Del-Rei.

Em Tempo


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

 

Web Interativa - O portal de notícias da Bahia