Turismo: confira 10 cidades na Bahia para viajar na Semana Santa

Por: Carolina Dourado

Há quem diga que viajar renova as energias, pois sair da rotina nem que seja por alguns dias, ir para algum lugar perto e quebrar o automatismo da vida, é essencial para descansar. Por algum motivo específico como relaxar um pouco da pressão do dia-a-dia ou pelo simples prazer que a experiência proporciona, viajar só agrega coisas boas: lembranças, bagagem, contato com novas culturas e costumes, conhecimentos inéditos e autoconhecimento.

Pensando nas pessoas que estão à procura de locais para visitar ou que não fazem a mínima ideia do que fazer, o iBahia preparou uma lista com 20 destinos na Bahia para viajar no feriado da Semana Santa (30) com possibilidades diversas, desde praias à cidades históricas. Confira a lista, escolha uma das opções e programe sua viagem!

 1- Chapada Diamantina

Quem vai uma vez, normalmente volta. Localizada cerca de 400 km de Salvador, a Chapada é um dos destinos mais procurados pelas belezas naturais e tem inúmeras possibilidades de passeios por cidades históricas, trilhas, restaurantes aconchegantes e, principalmente, cachoeiras, que chamam a atenção dos turistas. Quem quer ir para um lugar tranquilo, relaxar e aproveitar o contato com a natureza, esta é uma boa dica.     

Foto: Reprodução/Morro do Pai Inácio

- Morro do Pai Inácio: uma boa opção para quem gosta de trilhas e vistas de tirar o fôlego. São 20 minutos de caminhada em um percurso íngreme para alcançar os 1.200 m de altura e ter uma visão panorâmica das paisagens mais bonitas da Chapada. É cobrado uma taxa de R$ 5 por pessoa para subir no morro.

- Gruta da Pratinha: conhecida como a cidade das grutas, lá se localizam as famosas Gruta Azul, Gruta da Pratinha, Gruta Lapa Doce e Gruta da Torrinha. Com o rio de águas cristalinas e azuis, os turistas podem flutuar na Gruta da Prata, praticar stand up, caiaque, pedalinho, tirolesa, fazer sessão de fotos aquáticas e massagens. O valor da entrada na fazenda custa R$ 20 e cada atividade de lazer tem um valor fixo.

 - Poço do Diabo: de fácil acesso, é preciso apenas uma caminhada de 15 minutos para chegar até o local. Com 6 m de profundidade, o poço é frequentado pelos adeptos do rapel, tirolesa e  pelos corajosos que pulam do paredão de pedras. Antigamente havia muito garimpo na região e, por isso, há uma lenda que deu origem ao nome do poço; escravos que tentaram fugir com diamantes foram afogados nas águas do Poço do Diabo.

- Cachoeira da Fumaça: considerada a segunda maior cachoeira do Brasil, com 340 m, o destino é um dos mais procurados na Chapada. São cerca de 6 km de trilha íngreme com bastante pedras e apesar de ser considerada uma caminhada rápida, é indicado a companhia de um guia turístico, pois muita gente já se perdeu tentando se aventurar.

- Poço Azul: a profundidade chega a 16 m e mesmo assim, por conta das águas transparentes e azuis, é possível observar formações rochosas no fundo do poço. É permitido flutuar em alguns trechos da caverna, mas tanto o passeio quanto a flutuação são permitidas apenas com a presença de um guia. É cobrada uma taxa para a entrada no local.

2- Boipeba

Localizado ao sul de Salvador, a Ilha de Boipeba é um ótimo destino para quem busca sossego, lá não entram carros e não existem bancos nem caixas eletrônicos. Até pouco tempo os comerciantes só aceitavam dinheiro em espécie, mas devido a grande procura pelo local, o comércio teve que se adaptar ao uso de máquinas de cartão. A ilha é considerada um lugar paradisíaco com águas cristalinas e areias brancas.

Foto: Reprodução/ Instagram
3- Morro de São Paulo


Para chegar até a ilha o acesso é feito somente por barcos ou avião, lá não circulam carros. Morro possui características únicas, reúne programas para todas as idades e é um ótimo lugar para relaxar, curtir e conviver com as maravilhas paradisíacas do local. Há passeios para todos os gostos: para quem gosta de aventura, festas, bares, restaurantes ou algo mais tranquilo, como assistir ao pôr do sol.

Foto: Reprodução/ Instagram

4- Porto Seguro – Trancoso – Arraial D’ajuda

Os três destinos são muito próximos um do outro, por isso vale a pena se planejar e visitar todos numa viagem só. Porto Seguro é mais frequentado por famílias e possui hotéis para todos os gostos e bolsos. Trancoso é um dos destinos mais badalados da região e virou moda inclusive entre os famosos, o que valorizou e tornou os preços mais altos até em pousadas mais simples. Já Arraial D'Ajuda é um meio termo entre as cidades, pois também é possível encontrar pousadas e hotéis mais acessíveis e a noite costuma ser agitada por conta da maior procura do público jovem pelo local.

Foto: Reprodução/ Instagram
5- Itacaré


Localizada na Costa do Cacau, a pequena cidade de Itacaré oferece uma variedade de atrações em um único lugar. As praias paradisíacas chamam a atenção de surfistas e turistas do mundo todo. Para chegar nos lugares mais encantadores da cidade é preciso fazer trilha, e caiaques, canoas, bicicletas e jipes são bem vindos para quem curte se aventurar em meio às paisagens espetaculares. Na pequena vila encontram-se restaurantes com comidas regionais e internacionais, cybercafés, lojinhas, pousadas e bares.

Foto: Reprodução/ Instagram

6- Ilhéus

Com o maior litoral da Bahia, Ilhéus se tornou conhecida devido as plantações de cacau, que fizeram a cidade se desenvolver e influenciou na arquitetura e no centro histórico da cidade, e, também, por ser cenário das obras do escritor Jorge Amado. A lista das coisas para fazer em Ilhéus é diversa: praias, passeios históricos, visitas a fábrica de chocolate, bares, restaurantes e cenários físicos dos livros do escritor baiano, por isso, é considerada uma boa opção para viagem de família.


Foto: Denise Mayumi
7- Praia do Forte


Um lugar com variedades de lazer, aconchegante, bonito e considerado um bom destino para todas as idades. A simpática vila da Praia do Forte conta com restaurantes, bares, pousadas e ainda é possível encontrar resorts um pouco mais distantes do centrinho. Conhecida também pelas festas que ocorrem durante o verão, o local chama a atenção do público jovem. E para quem curte uma programação mais light, o Projeto Tamar (programa que cuida, principalmente, das tartarugas marinhas que vivem no local) fica localizado perto da igrejinha principal.


Foto: Reprodução/ Instagram

8- Imbassaí

Ótimo destino para quem não quer ir para muito longe e não abre mão de praia. Diferente de outros locais da Linha Verde, Imbassaí é perfeito para quem opta pela tranquilidade. Com barraquinhas simples e as mesas perto do mar e do rio, o lugar tem seu charme próprio e ainda é possível alugar caiaque e stand up paddle para se aventurar. Na vila, encontram-se variedades de restaurantes aconchegantes de lojinhas de artesanato.


Foto: Reprodução/ Instagram

9- Itacimirim

Localizado a 30 minutos do aeroporto de Salvador, Itacimirim pertence ao município de Camaçari. Destino perfeito para fazer turismo ambiental sustentável e para quem quer descansar. Lá as praias são de areias brancas, águas quentes o ano todo, tem também piscinas naturais, manguezais e uma antiga e simpática vila de pescadores.


Foto: Reprodução/ Instagram

10- Baixio

Considerado um paraíso à espera de visitantes, o povoado pertence ao município de Esplanada. As águas cristalinas das cinco lagoas e as praias quase intocáveis complementam a beleza das paisagens naturais do local. Uma ótima opção para quem quer unir aventura com descanso, pois é possível fazer passeios de caiaque, tour pelas lagoas, tour pelas dunas, off-road touring e adventure (com veículos 4x4), mas ainda assim uma das principais atrações da cidade fica por conta de um bar especializado em pingas, 'Bar das Folhas, do Seu Incrível'.


Foto: Reprodução/ Instagram
*Sob supervisão e orientação da repórter Isadora Sodré
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO