Repórter da Record é preso por dirigir bêbado e atropelar 3 pessoas


O repórter e apresentador da Record Paulo Vitor Gomes, mais conhecido como Tatuzinho, foi detido neste domingo (23) após atropelar três pessoas, entre elas um agente do Departamento de Estradas de Rodagem, em Brasília.

De acordo com informações do site Notícias da TV, a polícia afirmou que ele estava bêbado, perdeu o controle do carro ao tentar fugir de uma blitz da Lei Seca, teve os pneus furados e capotou. As vítimas do atropelamento sofreram escoriações leves e receberam alta.

O jornalista foi transferido para a carceragem da Polícia Civil do Distrito Federal e ficou preso até a manhã desta segunda (24), quando pagou fiança de R$ 3 mil. Ele foi suspenso pela Record por um mês.

"Fomos surpreendidos e ficamos perplexos com este grave acidente envolvendo o repórter Paulo Vitor, conhecido como Tatuzinho. Poderia ter sido uma tragédia muito maior. Acreditamos na Justiça e esperamos que nosso repórter responda pelos seus atos em um processo isento e duro. E, com isso, repense a maneira de como usa um automóvel", diz um comunicado da Record.

Com informações da Folhapress
Compartilhar no Google Plus

Sobre WEB INTERATIVA

DEIXE SEU RECADO